14 junho, 2011

qualquer título

fechamos os olhos;
seguimos o ritmo dos meus pés,
dançando os versos espontâneos
soprados no ar, por seus lábios belos.
cheiramos ao jasmim da nossa cama
e ao café do primeiro despertar.

misturamos,
os nossos doces.
os tantos sonhos nossos
cantados nos poemas declarados
na noite de lua linda.
escuridão que não assusta,
apenas junta.

os pés descalços
pararam o bailar no caminhar doce;
descascaram-se nos lençóis emaranhados,
de amor,
do dia
         à noite.

Um comentário:

  1. Gostei bastante do Blog.
    Muito interessante !

    É bom ver a cada dia que passa mais originalidade nessa "blogosfera". :)

    Deixo o meu aqui caso queira dar uma olhada, seguir..;
    http://bolgdoano.blogspot.com/

    Muito Obrigada, desde já !

    ResponderExcluir